História

Como nasce o projeto

Fundada em Outubro de 2012 e situada junto à Alameda da Universidade de Lisboa, a Escola de Música do Colégio Moderno deu corpo a um sonho antigo da direção do Colégio.

A Escola de Música do Colégio Moderno é dirigida pela Prof. Inês Saraiva, e conta com um leque de professores de reconhecida qualidade. Os instrumentos lecionados são o violino, a viola d’arco, o violoncelo e o piano, tendo este último como coordenadora a pedagoga e pianista Jill Lawson.

Nos seus anos de existência, a Escola de Música do Colégio Moderno tornou-se já uma importante referência, tendo trazido a Portugal alguns solistas de renome internacional, como os pianistas Iddo Bar-Shai, Lev Vinocur, Tomohiro Hatta, Mariana Gurkova, a violetista Natalia Tchitch, os violinistas Ilya Grubert, Daniel Garlitsky, Mariana Todorova, Gwendolyn Masin, Eliot Lawson, Alissa Margulis, os violoncelistas Catherine Strynckx, Pavel Gomziakov, entre outros, para concertos com os seus alunos e também workshops e masterclasses.

A Escola de Música desenvolve e participa, ao longo do ano, numa série de atividades culturais, dentro e fora do país e do espaço da Escola, dos quais destacamos o concerto anual – Concerto Solidário – no Teatro Nacional de São Carlos; a participação nos Dias e nos Mini-Dias da Música, no Centro Cultural de Belém; os concertos no Palácio Nacional da Ajuda, na Sé de Lisboa, na Basílica da Estrela, no Panteão Nacional, na Igreja de São Roque, na Igreja de Santa Maria de Belém – Mosteiro dos Jerónimos, no Teatro Municipal de São Luiz, na Assembleia da República e na Fundação  Calouste Gulbenkian. Os alunos participaram também em tournées em Itália, França e Estados Unidos

Dos 50 alunos iniciais, que acompanharam os professores na sua transição, aos atuais cerca de 300, foi um pequeno salto apenas.  Embora a maioria frequente também o Colégio Moderno, a Escola de Música é uma instituição autónoma, aberta ao exterior, e o número de alunos oriundo de outras escolas não para de crescer.

Missão e estrutura curricular

Apesar de não ter a pretensão de que todos os seus alunos sejam mais tarde instrumentistas profissionais, a Escola de Música do Colégio Moderno tem como missão e dever prepará-los para essa eventualidade.

A escola está aberta a crianças a partir dos três anos e não tem limite de idade de frequência. A estrutura curricular acompanha as idades dos alunos dos vários graus de ensino oficial. Não obstante, qualquer pessoa pode candidatar-se, sendo encaminhada para o grau que mais se lhe adequa.

O curso obedece a um formato e conteúdos definidos pela Escola.

A estrutura do Curso de Música divide-se em três grandes blocos:

• o curso preparatório que corresponde ao pré-escolar e é frequentado por alunos entre os três e os seis anos. O seu currículo prevê uma aula individual de uma hora semanal de instrumento acrescida, no caso dos alunos de cordas, numa aula quinzenal de conjunto, sempre ao sábado, de manhã.

• o curso de iniciação que decorre em paralelo com o ensino básico e se destina a um grupo etário composto, na sua maioria, por alunos entre os seis e os dez anos de idade. A estrutura curricular deste módulo inclui uma hora de instrumento individual por semana, acrescida agora de uma hora de coro e outra de iniciação musical – solfejo –, também semanal.  Mantém-se a aula quinzenal de conjunto para os alunos de cordas.

• o curso geral e complementar que abrange alunos do segundo ciclo ao final do secundário, com idades compreendidas entre os dez e os dezoito anos.

O curso geral compreende os cinco primeiros anos – para alunos entre os dez e os quinze anos de idade. Do horário consta uma hora de instrumento semanal e outra de coro, para além de hora e meia de formação musical, uma vertente mais avançada do solfejo. O horário dos alunos de cordas prevê ainda duas horas semanais de orquestra e duas outras de conjunto.

O curso complementar é de todos o mais exigente. Destina-se aos alunos dos três últimos anos, com idades compreendidas entre os quinze e os dezoito. Fazem parte da sua estrutura curricular semanal, uma hora de instrumento, hora e meia de formação musical, hora e meia de música de câmara, hora e meia de análise musical e hora e meia de história da música.

A Escola de Música atribui um diploma de frequência a todos os alunos que completem os vários graus de ensino.

Concertos, projetos e workshops

Para lá das muitas audições programadas ao longo do ano que permitem que todos os alunos se apresentem ao público, independentemente do grau de ensino que frequentem, a Escola de Música do Colégio Moderno desenvolve e participa em toda uma série de atividades culturais entre as quais as várias audições ao longo do ano, dentro do espaço da Escola, e os concertos entre os quais destacamos:

• O concerto anual no Teatro Nacional de São Carlos.
• A participação nos Dias e nos Mini-Dias da Música, no Centro Cultural de Belém.
• Os concertos no Palácio Nacional da Ajuda, na Sé de Lisboa, na Basílica da Estrela e no Panteão Nacional.
• Masterclasses.
• Tournées.

Share this