clarinete, docente, Escola de Música do Colégio Moderno

Samuel Marques

Samuel Marques, clarinetista, colabora regularmente como músico convidado com a Orquestra Gulbenkian, o Remix Ensemble Casa da Música e a Orquestra Filarmónica Portuguesa, e como músico efetivo na Orquestra da Costa Atlântica. Tem colaborado com nomes como Joyce DiDonato, Maria João Pires, Arcadi Volodos, Waltraud Meier, Piotr Anderszewski, Mário Laginha, Quarteto Vintage. É docente de Clarinete no Conservatório de Música da Jobra (Branca, Albergaria-a-Velha) e na Academia de Música do Clube de Albergaria (Albergaria-a-Velha).  

Iniciou os seus estudos aos 5 anos de idade na Banda Visconde de Salreu, tendo depois prosseguido os mesmos com Nelson Aguiar (Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian). Foi aluno dos professores António Saiote (ESMAE – Porto), Stanley Drucker e Pascual Martínez-Forteza (New York University, Steinhardt School – Nova Iorque, EUA). Nesta última instituição foi Professor Adjunto de Clarinete.

Samuel Marques tem sido galardoado com vários prémios em concursos na Europa, Estados Unidos e América do Sul, bem como selecionado para diversos festivais de orquestra, tais como a National Repertory Orchestra (EUA), Castleton Festival Orchestra (EUA), World Peace Orchestra (EUA), New York Youth Symphony (EUA), Atlantic Music Festival (EUA), Neue Philharmonie München (Alemanha), Internationale Junge Orchesterakademie (Alemanha), entre outros.

Em 2017 recebeu o 1º Prémio no VII Concurso Nacional de Jovens Clarinetistas da Associação Portuguesa do Clarinete, 2º Prémio no Concurso de Clarinete do 1º Festival de Clarinete do Algarve e 1º Prémio no IMKA Grand Prix Concert Competition. Foi convidado a participar no Alexander Arutiunian International Wind Festival (Arménia) onde realizou concertos com a National Chamber Orchestra of Armenia, concertos de música de câmara e lecionou uma masterclasse de Clarinete. Em 2018 obteve o 1º Prémio no 6º Concurso Internacional de Sopros do Alto Minho e o 3º Prémio naII The North International Music Competition. Foi solista com a Orquestra da Costa Atlântica e jurado convidado do 6º Concurso Nacional de Sopros “Sons de Cabral”.

No ano letivo de 2018/2019, lecionou masterclasses no Conservatório de Música de S. José da Guarda, na União Filarmónica do Troviscal, e foi instrumentista convidado da Rede Europeia de Academias de Ópera (ENOA). Neste ano, foi ainda selecionado para integrar a Orquestra do Festival Höri Musiktage Bodensee (Alemanha).

Share this